Follow

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone YouTube

©2018 by IIICIFA. Proudly created with Wix.com

Mostra Dona Lia de Cinema

A Mostra Dona Lia de Cinema, fará parte da programação do III Colóquio Internacional Feminismo e Agroecologia que acontecerá de 8 a 11 de abril de 2019 na cidade do Recife (PE/Brasil) e região metropolitana.

Acreditamos no audiovisual como ferramenta educacional e de luta, importante potencializador do viés comunicacional e artístico. Pensando nisto, a Mostra Dona Lia tem como objetivo exibir e debater filmes com a temática trabalho, cuidado, bens comuns e suas interfaces com Feminismo e Agroecologia, na intenção de fortalecer reflexões que tenham como norte a construção de relações justas, igualitárias e equilibradas entre as pessoas com o meio ambiente.

A mostra homenageia Maria Ferreira de Lima Sousa - Dona Lia - Primeira mulher a assumir uma presidência de Sindicato de Trabalhadores Rurais (STR's) em Pernambuco em 1984, cargo até aquele momento ocupado por homens. Ficou conhecida pelo seu pioneirismo e protagonismo no movimento sindical no Sertão do Pajeú, abrindo caminho para tantas outras “Lias” que viriam. Foi na cidade de Itapetim (PE) que Dona Lia viu nas Comunidades Eclesiais de Base - CEB’s e na luta do movimento Sindical a força que precisava para sustentar seus filhos e lutar para que a presença das mulheres nos STR’s não fosse mais exceção e sim um direito garantido.

 

REGULAMENTO PARA INSCRIÇÃO DE CURTA-METRAGEM

 

1) Condições para inscrições

 

1.1) Serão levados em consideração apenas filmes dirigidos por mulheres, preferencialmente mulheres rurais, agricultoras, pescadoras, negras, indígenas, trans, lésbicas (e outras identidades não-hegemônicas), aceitando a codireção com homens;

1.2) Curtas de todos os gêneros cinematográficos, com duração de até 23 minutos e temática relacionada à Feminismo, Agroecologia, Trabalho, Cuidados e Bens Comuns.

1.3) Curtas finalizados em qualquer período, sem restrição;

1.4) Filmes não falados em português deverão ter dublagem ou legendas em português;

1.5) Filmes falados em português deverão ter legendas em português por questões de acessibilidade;

1.6) Informar na ficha de inscrição se possui acessibilidade comunicacional (audiodescrição, janela de Libras e/ou Legenda para Surdos e Ensurdecidos;

1.7) Identificação com foto e mini-biografia da direção.

 

2) Formas e prazos para inscrições

 

As inscrições serão aceitas apenas online em área especifica (Link para inscrição), entre os dias  07 de janeiro de 2019 a 15 de fevereiro de 2019.

 

3) Sobre a seleção

 

Todos os filmes inscritos, selecionados e não selecionados, receberão comunicado via e-mail até um mês antes do evento.

 

4) Sobre as exibições

 

Os filmes selecionados serão exibidos em formatos digitais. As especificidades dos formatos e envios dos arquivos serão informadas no e-mail de seleção.

 

5) Outros

 

A produção da mostra decidirá sobre todas as questões não constantes no presente regulamento. Para maiores informações entrar em contato através do e-mail: 3cifa.tcbn@gmail.com

Apresentou proposta de campanha de Sindicalização das Mulheres no 4º Congresso da CONTAG em 1985, que foi um grande passo para mobilização das mulheres trabalhadoras rurais em todo o país, luta que se consolidou e se perpetua até hoje. Apresentou proposta de campanha de Sindicalização das Mulheres no 4º Congresso da CONTAG em 1985. Este documento foi um grande passo para mobilização das mulheres trabalhadoras rurais em todo o país, luta que se consolidou e se perpetua até hoje. 

 

Essa Mostra pretende ser um espaço com conteúdo de produções audiovisuais independentes, dirigidas por mulheres, podendo ser criações de estudantes, profissionais do audiovisual, pesquisadoras, movimentos sociais e militantes dessas lutas, com as temáticas trabalho, cuidado e bens comuns e suas interfaces com Feminismo e Agroecologia.

RESULTADO DA MOSTRA DONA LIA DE CINEMA 

Programação da Mostra Dona Lia de Cinema

 

Local: Auditório do CEGOE/UFRPE

09 de abril - início às 19h

 

Homenagem a Dona Lia:

  • Fala de Abertura;

  • Exibição da entrevista de Dona Lia - CONTAG;

  • Fala de representação da Família;

  • Fala de representante do MMTR-NE e FETAPE.

 

Apresentação dos filmes da noite pela mediadora do debate.

Exibição de:

  • Eu faço parte dessa história, Eu faço parte dessa luta! "Sem Feminismo não há agroecologia". Sonia Fatima  Schwendler. PR - Brasil. 22min55

  • Mulheres Rurais em Movimento. MMTR-NE e Héloïse Prévost. Brasil - França. 46min58.

Debate com realizadoras e pesquisadoras.

 

10 de abril - início às 19h

 

Apresentação do filmes que serão exibidos na sessão pela mediadora do debate.

Exibição de:

  • SÍTIO ÁGATHA: Laços Coletivos de Amor e Resistência. Maria Monica Monteiro da Silva. PE - Brasil. 20min04.

  • Bubbling up. Feminisms, Solidarities and Social Reproduction. Christine Verschuur. Suiça. 23min.

  • Semeando Vida - Mulheres de Minas Gerais: Saberes Ancestrais e Práticas Integrativas de Saúde. Carina Aparecida  dos Santos. MG - Brasil. 35min47.

  • Nakua pewerewerekae jawabelia/ Hasta el fin del mundo/ Até o fim do mundo. Margarita Rodriguez Weweli-Lukana e Juma Gitirana Tapuya Marruá. Colômbia. 15min.

Debate com realizadoras e pesquisadoras.

 

11 de abril - início às 9h da manhã

Apresentação do filmes que serão exibidos na sessão pela mediadora do debate.

Exibição de:

  • Persistência e Empoderamento Feminino no Campo. Mariana Maia de Oliveira. RN - Brasil. 3min19.

  • Mulheres Guerreiras da Palha do Arroz. Catarina de Angola e Méle Dornelas. PE - Brasil. 4min40.

  • Entremarés. Anna Andrade. PE - Brasil. 20min.

  • Transcender. Layla Pena de Oliveira. ES - Brasil. 14min58.

  • Simbiose. Julia Morrim. PE - Brasil. 20min.

  • Da Terra Vem. Camila Albrecht Freitas. RS - Brasil. 14min.

Debate com realizadoras e pesquisadoras.